• Jornal Esporte e Saúde

Alunos em Macaé ganham atividades esportivas e culturais



A partir desta segunda-feira (2), alunos de 15 escolas participarão do projeto Meta, que tem o objetivo de levar nos horários divergentes ao de aula atividades esportivas e culturais para estudantes do Ensino Fundamental. A iniciativa está sendo ampliada para as novas unidades municipais: Lions (Glória), Paulo Freire (Lagomar) e Professora Maria Neuza de Almeida (Lagomar), expandindo, com isso, a capacidade de atendimento para alunos do 1º ao 5º ano.


Antes de fazer parte da programação, os estudantes estão passando por uma triagem nas novas escolas participantes. Iniciado no ano letivo de 2018, o Meta oferece em cada escola, aulas conforme um cronograma agendado pela equipe gestora e professores de Educação Física.


Os alunos participam de aulas como basquete, corfebol, futsal, tênis de mesa, xadrez e dança. Atualmente o projeto atende uma média de 1,5 mil alunos e acontece nas quadras poliesportivas das unidades escolares.


As escolas que recebem o Meta são Engenho da Praia, Polivalente Anísio Teixeira, Botafogo, Leonel de Moura Brizola, Raul Veiga, Generino Teotônio de Luna, Natálio Salvador Antunes, Samuel Brust, Caetano Dias, Ivete Drumond Aguiar e Tarcísio Paes de Figueiredo.


De acordo com o Secretário de Educação, Guto Garcia, a proposta é que esse ano letivo o projeto se estenda para 20 escolas. "O Meta está superando as expectativas. Estamos conseguindo apoiar e direcionar o aluno a ter uma vida disciplinada e saudável e estimular pais e alunos nas práticas esportivas. Essa é uma das formas de contribuir com o desenvolvimento do processo de ensino, assegurando assim a permanência do aluno na escola e reforçando a aproximação no espaço escolar", destacou.


A Superintendente de Educação Integrada, Janaína Pinheiro, lembrou que os alunos do "Meta" vão participar dos jogos internos nas próprias escolas, e dos Jogos Estudantis das Escolas Municipais (Jeem).


O representante da Coordenação de Esportes da Superintendência de Educação Inclusiva, Fernando Gama, ressaltou que o Meta está fazendo sucesso desde 2019. "A ampliação para o primeiro segmento do Ensino Fundamental visa despertar no aluno o interesse pela prática desportiva, estimular e preencher de forma saudável o tempo ocioso do aluno, permitindo que haja descoberta de talentos e potencialidades", finalizou.


* Texto: Joice Trindade/Foto: João Barreto / Arquivo Secom/Comunicação Macaé.
















3 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE