• Jornal Esporte e Saúde

As sensações que antecedem uma crise de ansiedade

Antes de uma crise de ansiedade, o corpo costuma dar alguns sinais de que algo não vai bem



Crédito: triocean/istock - Corpo dá sinais antes de uma crise de ansiedade.

Transtorno de ansiedade é uma condição médica caracterizada por preocupação persistente e excessiva. Em geral, envolve sentimento de medo, nervosismo e apreensão.


Os transtornos de ansiedade podem assumir várias formas, mas o que diferencia ansiedade comum de uma crise é que essa última compromete a saúde física e emocional, impedindo, muitas vezes, que a pessoa consiga fazer atividades simples, como dormir e trabalhar.


Acredita-se que os distúrbios de ansiedade sejam causados por uma combinação de fatores. A maioria das pessoas ansiosas provavelmente nasceu com uma vulnerabilidade genética para desenvolver o transtorno. Além disso, eventos de vida estressantes podem desencadear ou piorar a condição.


Antes de uma crise de ansiedade, o corpo costuma dar alguns sinais de que algo não vai bem. O site Minha Vida, parceiro da Catraca Livre, listou alguns:


Tensão muscular


De acordo com a psicanalista Cristiane Maluf, a ansiedade eleva a produção de hormônios que afetam a musculatura. Com isso, a pessoa vive com dores, o que consequentemente afeta seu sono.

Falta de ar

Antes de acontecer uma crise, é comum que a respiração fique ofegante e a pessoa sinta falta de ar.

Tontura



Crédito: klebercordeiro/istockEpisódios de tontura são comuns .


A tontura e o formigamento são consequências da pressão psicológica que a ansiedade traz. A vertigem também aparece, o que pode causar a sensação de desespero.


Falta de concentração


O estado alerta constante impede que a pessoa se concentre em tarefas simples. Isto pode acontecer por uma auto cobrança excessiva, ou então por grande pressão do ambiente externo.

Preocupação excessiva


O medo e pensamentos negativos produzidos pela preocupação alimentam os sintomas da ansiedade e vice-versa. É como se fosse um ciclo vicioso.


Tratamento


Em casos de transtornos de ansiedade, o tratamento pode acontecer com administração de medicamentos (sempre com acompanhamento e receita médica); psicoterapia com psicólogo ou com médico psiquiatra ou combinação dos dois tratamentos (medicamentos e psicoterapia).


Crise de ansiedade: 12 sinais que o corpo dá antes dela

1. Insônia


Antes de um transtorno de ansiedade acontecer, você pode perceber uma certa irregularidade em seu sono. Segundo Mario, isto acontece porque a mente não consegue desligar-se dos problemas. Com isso, sua energia entra em processo de redução, aumentando os riscos da crise ansiosa.


2. Tensão muscular


A psicanalista Cristiane Maluf explica que a ansiedade eleva a produção de hormônios que afetam a musculatura. Com isto, a pessoa vive com dores, o que consequentemente afeta seu sono. É como um efeito dominó, onde um único sintoma quando não tratado é capaz de provocar diversos outros.


3. Falta de concentração


Para Cristiane, quando estamos em estado de constante alerta, concentrar-se em nossas tarefas pode tornar-se algo difícil. Isto pode acontecer por uma auto cobrança excessiva, ou então por grande pressão do ambiente externo.

A quantidade de medos em nossa mente faz com que ela não consiga focar-se em assuntos do cotidiano. O excesso de desatenção pode indicar a existência de um problema maior.


4. Constante vivência do passado


"Fases onde nossa mente resgata constantemente o passado podem indicar a chegada de uma crise de ansiedade", afirma Mario Louzã. Reviver traumas e problemas que já ocorreram pode ser um sinal de que algo está errado.

"Quando pensamos que deveríamos ter dito isso ou aquilo, ou feito as coisas de forma diferente, podemos desencadear uma crise de ansiedade", explica Cristiane Maluf.


5. Preocupação excessiva


Segundo Cristiane, preocupar-se demais mantém seu corpo em estado de alerta. Isto faz com que a mente crie um ciclo vicioso, em que o medo produzido pela preocupação alimenta os sintomas da ansiedade e vice-versa. Portanto, reduzir os pensamentos pessimistas, se possível, pode evitar a manifestação de crises ansiosas.

6. Irritabilidade

É comum que tenhamos dias em que estejamos de mau humor. Entretanto, quando isto se torna uma realidade constante, é preciso investigar as causas. Cristiane aponta que a irritabilidade é um dos sintomas que antecedem uma crise. O ritmo acelerado da mente e a sensação de urgência podem fazer com que sua paciência torne-se cada vez mais curta.


7. Falta de ar


Para Cristiane Malluf, é comum que algumas pessoas sintam-se inquietas antes de uma crise. A respiração ofegante e a falta de ar costumam atingir seu pico durante o transtorno de ansiedade, entretanto, estes sinais podem ser sentidos ao longo dos dias em situações comuns, devido ao estresse que a condição causa.


8. Tontura


A tontura e o formigamento são consequências da pressão psicológica que a ansiedade traz. A vertigem também se faz presente, o que pode causar a sensação de desespero, que se desencadeia em uma crise ansiosa.

9. Sensação de enjoo


Em casos de extremo estresse, o corpo pode ficar debilitado, causando sensação de enjoo. O sintoma pode ser confundido com outra doença, mas segundo Cristiane Malluf, este pode ser um pedido para que sua mente adquira um ritmo desacelerado.


10. Calafrios


A sensação de frio acompanhada por tremores pode indicar a chegada de uma crise. O corpo e a mente estão tão agitados que o estresse se reverbera fisicamente em quem sofre de ansiedade.


11. Fadiga


Por conta do estresse constante, o corpo pode ter sua energia reduzida. Com isto, você pode notar que está cansado e sem disposição para realizar tarefas do dia a dia. Após períodos de estresse, é comum que o organismo se desacelere como uma forma de defesa.

Entretanto, caso a fonte geradora da ansiedade não seja eliminada, o quadro pode progredir para uma crise.


12. Sensação de que algo ruim irá acontecer


Este sinal está ligado ao medo e a preocupação em excesso que antecedem a crise de ansiedade. Quem está à beira de um colapso, pode sentir-se prestes a cair em um abismo. É como se estivéssemos constantemente ameaçados por algo que desconhecemos.

* Catrada Livre/Minha Vida.


`Patrocinado:






8 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE