• Jornal Esporte e Saúde

Audiência Pública na Câmara de Campos nesta quinta debate acidentes do trabalho

Só em 2019 o Sindipetro-NF recebeu mais de 300 comunicações de acidente de trabalho



Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes - foto: Reprodução.


Audiência Pública na Câmara de Vereadores de Campos dos Goytacazes, nesta quinta, 29, às 14h, vai debater o tema “Acidentes do trabalho e seus efeitos na economia”, por iniciativa do vereador Fábio Almeida (PPS) e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense (Sindipetro-NF).


O sindicato já recebeu, apenas em 2019, com dados do Departamento de Saúde da entidade levantados até 23 de julho, 334 comunicações de acidentes de trabalho (CAT), sendo 253 envolvendo trabalhadores da Petrobrás (214 sem afastamento e 39 com afastamento), 04 da Transpetro (todos com afastamento) e 77 de empresas do Setor Privado (54 sem afastamento e 23 com afastamento).


Nesta semana, a categoria petroleira acompanha o caso do navio petroleiro FPSO Cidade do Rio de Janeiro, que sofreu um rasgo no casco e adernou na Bacia de Campos, sendo necessário que 107 trabalhadores deixassem a embarcação.


Outro caso recente no setor petróleo da região ocorreu na plataforma P-31, no último dia 12, quando um petroleiro ficou ferido durante trabalho com uma mangueira pressurizada que se soltou e atingiu a sua perna direita. O impacto provocou uma fratura exposta abaixo do joelho.


De acordo com o diretor do Sindipetro-NF, Luiz Carlos Mendonça, que participará da audiência, além dos danos muitas vezes irreversíveis, com ferimentos, adoecimentos e até mortes, os acidentes que têm os trabalhadores como vítimas geram perdas econômicas com impactos na produção, com prejuízos para as próprias empresas e para a arrecadação dos municípios.


* Assessoria de Comunicação do Sindipetro-NF.






4 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE