• Jornal Esporte e Saúde

Cadastro do Auxílio Emergencial do Governo Federal de R$ 600 pode ser feito de casa

Quem tiver dúvidas sobre como utilizar o aplicativo e o site pode procurar ajuda nos Cras, às segundas e quintas, das 9h às 16h

Prefeitura orienta população a fazer cadastro no CadÚnico de casa. Foto: ilustração.


Preocupada com parte da população que perdeu seus rendimentos por causa do confinamento para prevenção e contágio do Covid19, orientada pela Organização Mundial de Saúde e Ministério da Saúde, a Administração Municipal está levando informação detalhadas sobre o perfil de quem pode ser contemplado com as três parcelas do Auxílio Emergencial de R$ 600, segundo texto disponibilizado no site da Caixa Econômica Federal. O objetivo é que os cidadãos busquem seus direitos sem se deslocar de suas residências, indo até o Centro de Referência Social apenas em casos emergenciais para ser atendido por equipes da Secretaria de Bem-estar Social. Para isso, leia atentamente sobre o Auxílio. Quem não se cadastrou no CadÚnico até 20 de março pode fazer por meio do App “Caixa Auxílio Emergencial” ou pelo site www.caixa.gov.br/auxilio . Segundo o governo Federal, quem recebe o Bolsa Família também terá direito de optar ao Auxílio Emergencial. Em seu site, no link www.caixa.gov.br/auxilio a Caixa Econômica Federal disponibilizou a seguinte orientação: “O Auxílio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19. O benefício no valor de R$ 600 será pago por três meses, para até duas pessoas da mesma família. Para as famílias em que a mulher seja a única responsável pelas despesas da casa, o valor pago mensalmente será de R$1.200. Quem estava no Cadastro Único até o dia 20/03, e que atenda as regras do Programa, receberá sem precisar se cadastrar no site da Caixa. Quem recebe Bolsa Família poderá receber o Auxílio Emergencial, desde que seja mais vantajoso. Neste período o Bolsa Família ficará suspenso. As pessoas que não estavam no Cadastro Único até 20/03, mas que têm direito ao auxílio, poderão se cadastrar no site auxilio.caixa.gov.br ou pelo APP “Caixa Auxílio Emergencial”. Depois de fazer o cadastro, a pessoa pode acompanhar se vai receber o auxílio emergencial, consultando o próprio site ou APP”. Outros critérios importantes são: ter mais de 18 anos e não ter recebido rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018. A mulher que for mãe e chefe de família, e estiver dentro dos demais critérios, poderá receber R$ 1,2 mil (duas cotas) por mês. Mais informações podem ser encontradas por meio da página da Caixa no link http://www.caixa.gov.br/auxilio/Paginas/default2.aspx ou https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio . Outro canal de informação é pelo telefone 111. CRAS – Quem precisar ir até algum Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), as unidades estão abertas em expediente reduzidos por causa das medidas de isolamento do Covid-19. Ficam abertas as segundas e quintas, das 9h às 16h o Cras Norte, no Âncora, o Central, em Nova Cidade (Parque da Cidade), o Sul, em Cidade Beira-Mar e o CRAS de Rocha Leão. As unidades de Cantagalo e Mar do Norte estão abertas somente às segundas-feiras, das 9h às16h. * Secom Rio das Ostras.

0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE