• Jornal Esporte e Saúde

Em dia de homenagens, Flamengo vence Madureira e avança para semifinais da Taça GB

Partida é marcada por tributos às vítimas do incêndio no Ninho, que completou um ano neste sábado. Resultados eliminam o Botafogo, e Boavista fica com liderança do Grupo A


Noite de tributos, vitória e classificação


Em partida marcada por homenagens às vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, que completou um ano neste sábado, e recorde de público no Maracanã, o Flamengo venceu o Madureira por 2 a 0 e garantiu vaga nas semifinais da Taça Guanabara. Gabigol abriu o placar aos 15 minutos do 2º tempo, e Pedro fez o segundo, já nos acréscimos.


O Flamengo dominou o jogo, mas só conseguiu construir a vitória no 2º tempo. Na primeira etapa, o time comandado por Jorge Jesus passou praticamente o tempo inteiro no campo adversário, criou chances, mas não tirou o zero do placar. Gabigol, em três ocasiões, e Arrascaeta, de voleio, tiveram boas oportunidades. O time só foi ameaçado pelo Madureira uma vez, em chute de Ygor Catatau, que obrigou Diego Alves a fazer boa defesa. O Fla deu continuidade ao domínio após o intervalo. Logo no início, Léo Pereira chegou a balançar a rede, mas o árbitro anulou, marcando falta. Aos 15, Gabigol tirou o zero do placar. Mesmo com a vantagem, o Fla seguiu pressionando. E, aos 47, Pedro deu números finais.


Classificação


Com o resultado, o Flamengo garantiu vaga nas semifinais da Taça Guanabara. Apesar da vitória, o Rubro-Negro acabou em segundo no Grupo A. Tudo porque o Boavista venceu o Volta Redonda em partida disputada no mesmo horário e manteve a primeira posição. As vitórias de Fla e Boavista eliminaram o Botafogo do primeiro turno do Campeonato Carioca.


Pelos "Garotos do Ninho"


A partida foi marcada por uma série de homenagens às vítimas do incêndio do Ninho do Urubu, que completou um ano justamente neste sábado. Fora do estádio, flores e faixas foram colocadas perto de muro com o rosto dos dez garotos que perderam a vida na tragédia. Nas arquibancadas, os torcedores rubro-negros levaram faixas com o rosto e os nomes dos 10 jovens. Os jogadores entraram em campo com uma camisa branca com a expressão “Nossos 10” e jogaram com os nomes dos garotos nas costas. Além do minuto de silêncio, as torcidas organizadas ficaram 10 minutos sem cantar, para depois entoar “Garotos do Ninho”.



Homenagem a garotos do Ninho em Flamengo x Madureira (Foto: André Durão).

Recorde de público

  1. A torcida do Flamengo bateu, mais uma vez, o recorde de público em 2020. Ao todo, 60.054 pagantes (64.576 presentes) compareceram ao Maracanã para ver o time principal em ação mais uma vez e homenagear os "Garotos do Ninho". O recorde anterior eram os 50.454 pagantes na vitória sobre o Resende, na segunda-feira. Fonte: * https://globoesporte.globo.com/ .


1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE