• Jornal Esporte e Saúde

Empregabilidade para o novo tempo foi tema de Live da Católica Salesiana



Os desafios para a retomada das aberturas de postos de trabalho pós-pandemia foram expostos durante a Live “Empregabilidade para o novo tempo” promovida neste final de semana pela Faculdade Católica Salesiana, no canal Salesiana Macaé, com a participação do professor mestre, doutorando da COPPE/UFRJ e CEO da Para Dar Certo, Leonardo Ribeiro e da psicóloga organizacional, consultora de empresas e sócia-diretora da Empresa Face Nova Treinamento e Gestão de Pessoas, Marli Arruda, sob a mediação da professora mestre e coordenadora do Curso de Administração e da Agência de Talentos da Católica Salesiana, Silvia Lourenço.


“É importante pensar como você está desenvolvendo sua empregabilidade neste mundo competitivo e que se tornará ainda mais, após este cenário atual de pandemia. A pós-pandemia irá impactar tanto no mundo corporativo quanto nas relações interpessoais. É possível perceber a mudança em nós mesmos. Nossa ideia com a live é que as pessoas possam refletir e agir, pois sem ação não há conquista”, disse Silvia Lourenço, ao dar dicas de como adequar o curriculum vitae e se qualificar para os desafios do novo tempo.


Segundo Marli Arruda, quando há a escolha por um curriculum, o recrutador faz perguntas com propósitos bem definidos para o candidato, por isso é preciso ser comunicativo, criativo e ter atenção com sua rede social. “Atualmente, no recrutamento, muitas empresas estão solicitando a realização de vídeos falando um pouco sobre você mesmo, e para isto é preciso estar preparado. O que se espera de nós nesta ‘nova era’, com todas as mudanças que estão acontecendo, é que nós sejamos pessoas capazes de resolver problemas de forma criativa. Então, além de um curriculum bom, é preciso ter criatividade, inclusive para produzir um vídeo que chame a atenção do recrutador”, destacou.


“Vivemos de ciclos. A mudança pós-pandemia será drástica em todos os campos do mercado e para cada um de nós. Nós estamos no meio de uma estrutura que já mudou e que será vivida pelos próximos anos. A oportunidade não bate na nossa porta. O que nos faz mudar e estar próximos das oportunidades é criar o hábito diário de estudar e adquirir habilidades. A motivação deve vir da vontade de se transformar”, finaliza Leonardo Ribeiro, ao ressaltar que é preciso aproveitar este tempo para transformar a grande gama de informação que estamos recebendo diariamente em conhecimento, levando-nos à prática e nos abrindo ao novo.


* Texto: Moira Paula/Fotografia: Divulgação/Assessoria de Comunicação Salesiana.



5 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE