• Jornal Esporte e Saúde

Fluminense e Botafogo empatam em 1 a 1 no Nilton Santos

Tricolor abriu o placar em gol contra 'trapalhão'; empate do Botafogo, que estreou novo técnico, veio com Caio Alexandre no segundo tempo



Rio de Janeiro - RJ - 04/10/2020 - Campeonato Brasileiro jogo Botafogo x Fluminense, no Maracanã -

Foto Gilvan de Souza / Agencia O Dia - Gilvan de Souza


Botafogo e Fluminense se conhecem muito bem. O clássico mais velho do futebol carioca já teve cinco edições em 2020. O primeiro válido pelo Campeonato Brasileiro aconteceu na manhã deste domingo e terminou em empate em 1 a 1. O Tricolor abriu o placar em gol contra atrapalhado de Kevin, mas o Glorioso, que estreou Bruno Lazaroni no comando do time, empatou com Caio Alexandre.


O jogo começou estudado, como não poderia deixar de ser. Botafogo e Fluminense sabem os segredos de cada um. Dentro de campo, alguns 'ex', como o goleiro Diego Cavalieri, ex-tricolor. Ele agiu rápido aos 20 minutos, quando Matheus Ferraz cabeceou firme e o arqueiro fez boa defesa. O lance animou o time das Laranjeiras, que até então só acompanhava os avanços do Botafogo, principalmente com Kalou, pela direita. Danilo Barcelos, lateral-esquerdo do Fluminense e ex-Botafogo, sofreu com o marfinense. E também com Odair Hellmann, que berrava no seu ouvido à beira do campo.


Com muitos erros de passe, o Clássico Vovô parecia mais agitado pelo alto. Aos 39 minutos, Rhuan cabeceou no travessão e quase marcou. Mas foi o Fluminense quem abriu o placar, no minuto seguinte, em um lance digno de esquete dos 'Trapalhões'. Fred cabeceou, Diego Cavalieri não conseguiu segurar e a bola bateu no ombro de Victor Luís; o lateral Kevin tentou afastar, mas chutou a bola no próprio rosto e pôs para dentro da própria meta: 1 a 0 Fluminense. Fred reclamou com o árbitro Anderson Daronco porque queria que o gol fosse dado a ele.



Rio de Janeiro - RJ - 04/10/2020 - Campeonato Brasileiro jogo Botafogo x Fluminense, no Maracanã

Foto Gilvan de Souza / Agencia O Dia


* Segundo tempo de muitas paradas


O estreante Bruno Lazaroni colocou Pedro Raul no lugar de Rentería no intervalo, e o Botafogo apostou mais em bolas na área. Aos 12, Babi cabeceou e carimbou, mais uma vez, o travessão de Muriel. O empate veio 15 minutos depois, aos 27, quando Rafael Forster cobrou falta rasteira que estourou na barreira. A bola sobrou para Caio Alexandre, que bateu sem chances para Muriel: 1 a 1.


O jogo se tornou truncado, com muitas paradas por atendimento médico, o que fez o nível do clássico despencar. O Fluminense ainda teria outras chances, mas sempre parava no último passe. Aos 34, após tabelar com Hudson, Fred foi até a linha de fundo e tentou cruzar, mas Victor Luís espantou. Aos 42, Babi teve boa oportunidade mas cabeceou para fora.


Taça Gerson e Didi em abertoO Fluminense perdeu a oportunidade de levar de forma antecipada a Taça Gerson e Didi, torneio simbólico que leva em consideração quatro clássicos com o Botafogo: dois amistosos feitos durante a parada do futebol e os dois jogos válidos pelo Campeonato Brasileiro. O campeão será quem for melhor no somatório dos jogos. Por enquanto a disputa tem uma vitória tricolor (1 a 0) e dois empates em 1 a 1.


* https://odia.ig.com.br/Por Yuri Eiras.




3 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE