• Jornal Esporte e Saúde

Fluminense não toma conhecimento do Madureira e faz 4 a 0 no Maracanã

Tricolor está virtualmente classificado para a semifinal da Taça Guanabara



Fluminense passou facilmente pelo Madureira - Alexandre Brum / Agencia O Dia.


Rio - Sem dificuldades, o Fluminense goleou o Madureira por 4 a 0 no Maracanã, gols de Matheus Ferraz, Yony González, Everaldo e Luciano, e virtualmente está classificado para a semifinal da Taça Guanabara. Mesmo que o Tricolor perca para o Vasco no sábado, em Brasília, o Volta Redonda precisaria vencer a Portuguesa e tirar uma diferença de 11 gols de saldo. Por isso, o clássico servirá mais para definir o primeiro lugar do Grupo B e será o primeiro grande teste da equipe de Fernando Diniz.


Mesmo com a troca de passes como principal característica nesse início de temporada, o Fluminense mostrou outro repertório importante: a jogada de bola parada. E foi assim que o Tricolor encontrou a solução nos escanteios, aproveitando falhas da defesa adversária, e resolveu o jogo.


Logo aos 13, Mascarenhas cobrou da esquerda e Matheus Ferraz, com a contribuição da zaga do Madureira, ainda precisou se abaixar na pequena área para abrir o placar. "Foi fruto do treinamento. As coisas correram bem", comemorou o zagueiro.


Com a vantagem, o Fluminense teve mais tranquilidade para trabalhar a bola e até se arriscar na saída da defesa — Rodolfo chegou a receber quase em cima da linha — sem sofrer com a impaciência da torcida. O domínio era total, com poucos sustos mesmo com a defesa ainda exposta. Mas chances só mesmo em escanteios. Yony González parou no goleiro Jonathan e Matheus Ferraz cabeceou para fora.


E no início do segundo tempo a história se repetiu. Apesar de ter voltado mais veloz, o Fluminense chegou ao segundo gol novamente num escanteio cobrado por Mascarenhas, aos 3 minutos. Desta vez foi Yony que cabeceou e Jonathan falhou feio. O terceiro não demorou e desta vez foi ao estilo da equipe, com movimentação de Everaldo, recebendo lançamento de Luciano, para ampliar aos 7.


Jogo resolvido, foi a chance de o Fluminense seguir aprimorando a sua forma de jogar de pé em pé, e o quarto gol foi a recompensa. Aos 27, Ezequiel foi lançado, cruzou para Yony, que rolou para Luciano chutar e marcar mais um para garantir uma vitória categórica e reforçar a confiança no estilo do time.


FICHA TÉCNICA


FLUMINENSE 4 X 0 MADUREIRA


FLUMINENSE - Rodolfo; Ezequiel, Nathan, Matheus Ferraz e Mascarenhas; Airton (Caio Henrique), Bruno Silva (Marcos Paulo) e Daniel (Mateus Gonçalves); Yony González, Everaldo e Luciano. Técnico: Fernando Diniz.


MADUREIRA - Jonathan; Arlen, Marcelo Alves, Junior Lopes e Felipe Saturnino; Levi, Rodrigo Dantas (Lauro César), Everton (Alanzinho) e Luciano Naninho; Ygor Catatau (Bruno) e Cláudio Maradona. Técnico: Antônio Carlos Roy.


GOLS - Matheus Ferraz, aos 13 minutos do primeiro tempo. Yony González, aos três, Everaldo, aos sete, e Luciano, aos 27 minutos do segundo tempo.


ÁRBITRO - Leonardo Garcia Cavaleiro.


CARTÕES AMARELOS - Não houve.


RENDA - R$ 120.220,00.


PÚBLICO - 4.908 pagantes (5.210 torcedores).


LOCAL - Maracanã.


* O DIA/Por HUGO PERRUSO.





3 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE