• Jornal Esporte e Saúde

Jogos de sábado definirão o confronto da Fed Cup entre Brasil e Alemanha

Florianópolis (SC), 7 de fevereiro de 2020 – A Alemanha saiu na frente do Brasil na busca por uma vaga no Budapests Finals, etapa da Fed Cup - a Copa do Mundo do Tênis feminino - que reúne as melhores equipes do planeta. Nesta sexta-feira, as europeias venceram os dois confrontos de simples. Mas o time azul e amarelo ainda tem chances neste sábado, quando são realizadas as três últimas partidas no Costão do Santinho, em Florianópolis, a partir das 10h30.


O primeiro confronto foi entre Teliana Pereira (359ª do ranking da WTA) e Laura Siegemund (73ª). A alemã venceu por 2 sets a 0, com duplo 6/3. No começo do segundo set, a pernambucana teve o seu melhor momento na partida interrompido pela chuva, quando quebrou o primeiro serviço da adversária e sacava com 40/15 a seu favor.


"Temos que ter a consciência de que é um confronto em equipe. Essa é a maior motivação para amanhã estar melhor. Temos três jogos pela frente ainda, então temos que nos recuperar. Tênis é assim, um esporte com altos e baixos e tem que saber aprender rapidamente, sem tempo para lamentar. Tenho certeza que todas nós estaremos melhor amanhã", afirma Teliana.


Gabriela Cé (225ª) começou o segundo jogo com uma postura ofensiva contra Tatjana Maria (91ª). A brasileira chegou a ter 3 a 1 a seu favor no primeiro set, que terminou em 6/3 para a alemã. O equilíbrio se manteve no set seguinte, decidido apenas no tie break: 7/6(5).


"Aqui é como estar no circuito, em que você perde no domingo e na segunda começa outra semana. Amanhã é um novo dia. A gente com certeza não vai se abalar pelos resultados de hoje. Tênis é ponto a ponto, não tem que ficar idealizando as coisas muito além do que estão acontecendo, além do próximo ponto. Amanhã, a gente tem que colocar na cabeça que temos algumas batalhas e ainda podemos dar a volta por cima", completa Gabriela Cé.


Neste sábado, a programação tem início às 10h30. O primeiro duelo é entre Gabriela Cé e Laura Siegemund. Na sequência, Teliana Pereira enfrenta Tatjana Maria. O quinto duelo é entre as duplas, com Luisa Stefani e Laura Pigossi defendendo o Brasil diante de Anna-Lena Friedsam e Antonia Lottner.


Quem vencer o confronto avança para o Budapest Finals, que já conta com França, Austrália, República Checa e Hungria, e ainda terá a presença das oito equipes classificadas pela fase de Qualifiers.


O duelo entre Brasil e Alemanha tem transmissão ao vivo do DAZN, serviço de streaming on demand. Quem quiser assistir aos jogos no Costão do Santinho, o ingresso tem o valor de um quilo de alimento não perecível, que deve ser entregue na entrada do evento.


A Confederação Brasileira de Tênis tem o patrocínio do BRB, Patrocinador Master do Tênis do Brasil, da Wilson, da Peugeot e da W A Sport. Apoio do Comitê Olímpico do Brasil (COB) e Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB). Siga tudo sobre a CBT em www.cbtenis.com.br, www.facebook.com/cbtoficial, www.twitter.com/cbtenis, www.instagram.com/cbtoficial e www.flickr.com/cbtenis.


* Departamento de Comunicação/Lucas Balduino/Confederação Brasileira de Tênis.


Gabriela Cé e Teliana Pereira estiveram em quadra nesta sexta-feira para defender o Brasil

(Fotos: Gabriel Heusi/Heusi Action)






2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE