• Jornal Esporte e Saúde

Jornada de Professores reúne profissionais da região



"Educação - Desenvolvimento Cognitivo e Socioemocional" foi o tema da VI Jornada de Professores Orientadores Pedagógicos, realizada nesta quarta-feira (13), no auditório do Instituto Federal Fluminense (IFF). A programação envolveu profissionais que atuam na rede municipal e em cidades da região, além de gestores, estudantes do curso Normal e de Pedagogia. O evento, que é considerado um dos mais importantes para os profissionais que atuam nas ações pedagógicas, tem a intenção de possibilitar trocas de vivências e conhecimentos para melhor aproveitamento dos alunos em todas etapas do ensino.


A abertura da programação contou com apresentação "Ser diferente é normal" com a participação de cerca de 30 alunos do 5º ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal Paulo Freire (Lagomar). Na ocasião, a Secretária Adjunta de Educação Básica, Leila Clemente, que representou o Secretário de Educação, Guto Garcia, agradeceu a participação dos educadores.


A primeira programação foi mediada pela doutoranda em Educação e orientadora pedagógica da Prefeitura de Macaé, Mauriléa Rodrigues e contou com a mesa-redonda "Educação-Desenvolvimento Cognitivo e Socioemocional". O psicopedagogo, coordenador pedagógico e professor de Língua Portuguesa, Antonio Jorge de Pina Gonçalves, lembrou da importância da cognição e do desenvolvimento das emoções e interações na aprendizagem e elogiou o evento. "Fui muito bem acolhido. Estou emocionado de estar em Macaé e ver toda essa movimentação sobre temas importantes da educação e da Base Nacional Comum Curricular ( BNCC). O educador deve preparar as aulas, captando a atenção dos estudantes e preparando-os não só para provas, mas para vida e sua atuação profissional", observou.


Já a pedagoga, psicanalista e bailarina formada em Biodança, Suely Carvalho, também fez parte do debate e apresentou de maneira dinâmica e interativa a importância do silêncio interior, do contato físico e do olhar para o outro. "Todos que estão neste Fórum são importantes e têm valor. Seremos autoeducadores quando pudermos olhar nos olhos do outro e vermos nossa alma refletida", comenta.Também foi realizado bate-papo com os convidados.


As orientadoras pedagógicas da rede municipal, Ana Flores e Roberta Carvalho, aprovaram a programação. "A atualização é essencial para atuarmos no dia a dia em prol de aprendizagens significativas e equilíbrio. Este tema é muito pertinente, pois temos que saber lidar com o desenvolvimento das emoções", comentaram.


No turno da tarde, a programação seguiu com momento cultural do Grupo HistoriArte e troca de experiências sobre as vivências com as seguintes oficinas: "Aprendizagem Ativa" com a doutora em Antropologia, Ana Lúcia Guimarães; "Metodologias Ativas" com o mestre em Música, Hélio Júnior, e "Inovação: tendências e recursos na educação com foco no aluno" com a mestre em Educação e Tecnologia, Priscila Souza. Outro tema foi "Cadê a brincadeira que estava aqui?" conduzido pela coordenadora de Educação Física, Fernanda Leão.


Segundo Fernanda, o educador deve pensar na criança do Ensino Fundamental. "O indicado é brincar e pensar na educação do corpo inteiro. Para isso, o educador deve pensar no lúdico e nas brincadeiras em prol do desenvolvimento integral do aluno", ressaltou.


* Jornalista: Joice Trindade/Fotos: Rui Porto Filho/Secom Macaé.









3 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE