• Jornal Esporte e Saúde

Macaé registra o maior Ideb da sua história e é destaque na Educação



Com média no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) superior à média nacional, primeiro lugar entre as escolas da Região Norte Fluminense e quarto no Estado do Rio de Janeiro, Macaé registrou o maior índice na história da rede pública municipal de ensino. Os números mostram que 92,3% das escolas da rede tiveram notas superiores em comparação com o ano de 2017 ou mantiveram as notas. Este alto índice nos resultados do Ideb prova a efetividade das políticas públicas educacionais implementadas pelo município desde 2015.


Separados por categorias, os resultados em Macaé avançaram assim: anos iniciais, 95% das escolas subiram e mantiveram a nota; anos finais, 84%; e Ensino Médio, 80%. Os dados foram passados pela Secretaria Municipal de Educação a partir de mapeamento com base no resultado do Ideb divulgado, terça-feira (15), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), do Ministério da Educação (MEC), relativo ao desempenho da educação brasileira nas escolas dos municípios no ano de 2019.


Para que o Ideb de uma escola ou rede cresça é preciso que o aluno aprenda, não repita o ano e frequente a sala de aula, ou seja, Macaé desempenha com qualidade o exercício do ensino e aprendizagem com ações conjuntas que permitem o crescimento de toda a rede.


“Só perdemos para três cidades que são pequenas, com redes pequenas, em que é mais fácil conseguir qualidade. Macaé é a primeira colocada no Ideb entre cidades com mais de 200 mil habitantes”, analisou Robério Fernandes, da equipe da Coordenadoria de Avaliação Institucional da Superintendência de Supervisão de Ensino, que fez o mapeamento dos resultados.


Ele destacou que este avanço da rede municipal de ensino de Macaé significa, na prática, que, além do esforço das escolas, as políticas públicas de Educação implementadas desde 2015 surtiram efeito em rede. “É um resultado excelente e é bom destacar que Macaé tem uma rede de ensino muito longa, em que as crianças do Lagomar têm a mesma qualidade da Educação que crianças do Mirante, ou do Botafogo, ou de qualquer outra parte de Macaé. Hoje os pais não precisam ficar escolhendo as escolas no município para matricular seus filhos; todas estão em um movimento crescente de aumento da qualidade”, afirmou.


* Rede de sucesso


Macaé obteve a maior nota 6.3 nos anos iniciais e o quarto lugar entre os municípios de todo o Estado do Rio de Janeiro registrando um crescimento de 0.4, ultrapassando a meta estipulada pelo próprio Ideb que era de 6.2 para Macaé este ano. O município também superou as médias no estado e no Brasil em todas as fases do ensino: anos iniciais, anos finais e no Ensino Médio, o que se repete em todas as edições desde 2015.


Nos anos iniciais, o município saltou de 5.6, em 2015, para 6.3 este ano, subindo 0.7 no período, uma marca histórica nunca antes registrada; nos anos finais, subiu 0.8, passando de 4.0 para 4.8; e, no Ensino Médio, Macaé também subiu 0.2 saindo de 4.9, em 2017, para os atuais 5.1. O resultado do Ideb mostra, portanto, que o crescimento na rede pública municipal de ensino de Macaé se manteve em todos os segmentos, incluindo a nota nos anos finais que também cresceu significativamente.


Levando em conta a média das escolas do Estado do Rio de Janeiro (5.4), Macaé, com 6.3 tem 0.9 a mais e, em relação ao Brasil (5.7), o município está com 0.6 à frente da média nacional, referente aos anos iniciais. Nos anos finais, o município, com 4.8, também ultrapassou a média estadual de 3.9 e a nacional de 4.5; e, no Ensino Médio, Macaé com 5.1 é superior 1.6 que a média no estado (3.5) e 1.2 que a do Brasil (3.9).


Em se tratando das notas por escola, a rede pública municipal de Macaé registrou a segunda maior nota entre todas as escolas públicas e privadas do Estado do Rio de Janeiro com 8.0 obtido pelo Colégio Municipal do Sana, na região serrana do município, o primeiro lugar geral em Macaé.


Outras duas escolas públicas municipais de Macaé chegaram bem perto desse alto índice de avaliação da Educação brasileira registrando 7.9: Fantina Mello e Dolores Garcia Rodriguez. O Colégio do Sana também recebeu a maior pontuação nos anos finais na rede municipal com 6.3 e o Colégio de Aplicação (CAp) é o primeiro lugar no Ensino Médio na rede pública municipal com nota 6.6.


* Jornalista: Elis Regina Nuffer/Foto: Rui PortoFilho - divulgação/Prefeitura de Macaé/Secretaria de Comunicação Social/Coordenadoria de Jornalismo.




5 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE