• Jornal Esporte e Saúde

Macaé: Sarampo - vacina está disponível nas unidades de saúde


Divulgação.


Com o surgimento de casos de Sarampo nos últimos anos, gestores da saúde vêm reforçando a importância da vacinação para manter o país livre da doença. Em Macaé, a vacina, que faz parte do calendário de imunização, pode ser encontrada em diversas unidades de saúde.


Para intensificar a imunização, foi realizada no primeiro semestre campanha em todo o Estado do Rio de Janeiro. A Secretaria de Saúde destaca que a vacinação é feita durante o ano todo. Podem receber a vacina pessoas na faixa etária de seis meses a 59 anos, não vacinadas ou com vacinação incompleta.


A dose disponível é a tríplice viral, que protege do vírus do Sarampo, Caxumba e Rubéola. É importante levar a caderneta de vacinação para ser avaliada pelos profissionais da unidade.


Sarampo - O Sarampo é uma doença infecciosa grave, provocada por vírus, transmitida pela fala, tosse e espirro, e extremamente contagiosa, podendo ser contraída por pessoas de qualquer idade. É caracterizada por febre, inflamação das mucosas do trato respiratório, erupção na pele seguida por descamação. É importante lembrar que a única forma de prevenção é a vacina disponível gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).


Vacinar contra o Sarampo é importante para evitar complicações como cegueira e infecções generalizadas, que podem levar a óbito.


- Indicação por faixa etária



Crianças - seis meses a menores de um ano. Dose zero: devido ao aumento de casos de sarampo em alguns estados, todas as crianças nessa faixa etária devem ser vacinadas (dose extra).


Com 12 meses é aplicada a primeira dose. E aos 15 meses de idade a criança recebe a segunda e última dose por toda a vida.


Adultos - pessoas entre um e 29 anos de idade, com uma dose comprovada da vacina no cartão de vacina, deverão completar o esquema vacinal com a segunda dose da vacina.


As pessoas entre 30 e 59 anos de idade, com uma dose comprovada da vacina no cartão de vacina, são consideradas vacinadas.


Caso a pessoa não tomou nenhuma dose da vacina, perdeu o cartão ou não se lembra: com idade entre um ano e 29 anos são necessárias duas doses, já os com idade de 30 a 59 anos apenas uma dose.


A vacina é contraindicada durante a gestação pois são produzidas com o vírus do sarampo vivo, apesar de atenuado. A gestação tende a diminuir a imunidade da mulher, o que deixa o sistema imunológico mais vulnerável e, por isso, a vacina pode desenvolver a doença ou complicações.


* Jornalista: Genimarta Oliveira/Prefeitura de Macaé/Secretaria de Comunicação Social/Coordenadoria de Jornalismo.






5 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE