• Jornal Esporte e Saúde

Polícia faz operação contra pedofilia praticada em grupos de aplicativo de mensagens

Alvos são de vários municípios do Rio, incluindo a capital



Operação é comandada pela Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima - Daniel Castelo Branco / Agência O Dia.


Rio - A Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) faz, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, uma operação para combater a pedofilia praticada em grupos do aplicativo de mensagem WhatsApp. A Operação Imperium, como foi batizada, pretende cumprir 13 mandados de busca e apreensão em diversas regiões do estado.


De acordo com a Polícia Civil, durante as investigações, a DCAV identificou grupos formados por homens e mulheres de diversos estados do Brasil, dentre eles o Rio. De form irrestrita, eles recebem e enviam fotos e vídeos com conteúdos de pornografia infantojuvenil. A especializada também que a quadrilha atua fora do país.


Os mandados estão sendo cumpridos em:


Rio de Janeiro: 5 (Itaguaí, Jacarepaguá, Campo Grande, Andaraí e Cidade Alta)

Miracema: 1

Campos dos Goytacazes: 2

Araruama: 1

Silva Jardim: 1

Barra Mansa: 1

Nova Iguaçu: 1

São Gonçalo: 1


A operação conta com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE), do Departamento Geral de Polícia da Baixada (DGPB), do Departamento Geral de Polícia do Interior (DGPI) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core).


* Por O Dia.




0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE