• Jornal Esporte e Saúde

Praia do Forte fica lotada em meio à pandemia apesar de proibição em Cabo Frio, no RJ

Prefeitura diz que realiza fiscalizações constantes, mas abordagens não impedem a permanência de banhistas que desrespeitam o decreto municipal.



Apesar da pandemia, banhistas desrespeitam decreto e lotam Praia do Forte, em Cabo Frio

— Foto: Paulo Henrique Cardoso/G1


O atípico sábado de inverno em Cabo Frio (RJ) foi marcado por mais que a surpreendente temperatura máxima de 31ºC. Apesar da pandemia do novo coronavírus, da proibição por decreto municipal e da instituição de uma multa de R$ 106 por descumprimento das regras, a Praia do Forte, principal ponto turístico da cidade, ficou lotada.


Cabo Frio tem 1.756 casos confirmados, e 94 pessoas morreram pela doença. A cidade ocupa o 1º lugar no ranking de casos confirmados da doença na região.


A fiscalização nas praias é feita por guardas municipais e pela Coordenadoria de Posturas; no entanto, apesar das abordagens, a equipe de reportagem da Inter TV presenciou banhistas que se recusaram a sair da praia e não foram retirados pelos agentes.


Os valores das multas para infrações sanitárias, instituídas por decreto, são de R$ 106 para pessoas físicas e de R$ 711 para pessoas jurídicas. De acordo com o município, que passa por uma grave crise de arrecadação e exonerou 1.240 comissionados nesta semana para manutenção dos serviços essenciais, os valores podem aumentar em caso de reincidência.


A Prefeitura informou ao G1 que faz fiscalizações constantes para orientar e garantir a saúde da população, mas que, mais importante é a conscientização das pessoas, que devem respeitar as determinações do decreto que visa coibir a disseminação da Covid-19.


* Por Paulo Henrique Cardoso/G1, G1 — Cabo Frio.





5 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE