• Jornal Esporte e Saúde

Prefeitura de Muriaé opta por voltar para a Onda Verde do 'Minas Consciente'

A decisão foi tomada após o Estado atualizar a situação da microrregião em que a cidade está inserida. A macrorregião segue na Onda Amarela, mas a definição do Executivo foi pela onda menos restritiva do programa.



Município de Muriaé — Foto: Prefeitura de Muriaé\Divulgação\Reprodução internet.


A Prefeitura de Muriaé optou novamente para que o município avance para a Onda Verde do "Minas Consciente". A informação foi confirmada ao G1 pela assessoria da Administração na tarde desta sexta-feira (9). A mudança entra em vigor neste sábado (10).


O avanço ocorreu após o Estado informar na última quarta-feira (7), que a microrregião em que a cidade está inserida poderia retornar para a Onda Verde. A macrorregião Sudeste, a qual a cidade faz parte, não teve alteração e está mantida na Onda Amarela.


Vale lembrar que, apesar da classificação por microrregião, a decisão de avançar ou regredir para uma onda cabe a cada Prefeitura, já que as administrações podem seguir também a recomendação do Estado por macrorregião.


Conforme determinação do Minas Consciente, o chefe do Executivo pode decidir qual onda escolher, quando as classificações de macro e micro forem diferentes. No caso de Muriaé, a Prefeitura decidiu se inserir na onda menos restritiva do programa.


Uma das considerações informadas pela Resolução N° 22 para o avanço, foi um relatório técnico, apresentado pela Secretaria Municipal de Saúde, que contém a evolução da doença, estrutura para atendimentos e outras informações.


Em setembro, a cidade optou por migrar para a etapa menos restritiva do programa estadual, mas teve que regredir após a microrregião do município retornar para a Onda Amarela, não havendo assim a opção para que o Executivo se inserisse na Onda Verde.


* O que pode funcionar?


- Segundo a resolução, fica autorizado, com horário livre, o funcionamento das seguintes atividades:


* Petshops e estabelecimentos de medicamentos veterinários;

* Chaveiros;

* Supermercados, hortifrútis, mercearias e açougues;

* Oficinas mecânicas;

* Serviços de táxi e congêneres;

* Padarias;

* Farmácias;

* Postos de Gasolina;

* Funerárias;

* Cantinas Hospitalares;

* Serviços de Segurança e Vigilância privados;

* Atividades jurídicas;

* Distribuidora de Gás e água potável;

* Laboratórios clínicos e estabelecimentos de saúde congêneres;

* Serviços de apoio, diagnóstico e terapia;

* Estabelecimentos de comercialização de material médico-hospitalar;

* Clínicas médicas e veterinárias; e

* Atividades esportivas e de recreação e lazer, clubes sociais e atividades de condicionamento físico.


- O documento também informa que "fica autorizado o funcionamento, em horário normal, das seguintes atividades":


* Lava Jato;

* Comércio varejista;

* Clínicas estéticas, salões de beleza, barbearias e congêneres;

* Agências de viagens, operadores turísticos e serviços de reservas;

*Óticas.

- Já até às 23h, podem funcionar os:


*Ensino extracurricular

* Restaurantes, lanchonetes, casas de chá e de sucos, bares e congêneres, sem entretenimento.


- Boletim Municipal


De acordo a última atualização do Boletim Municipal desta quinta-feira (8), Muriaé tem 3.210 casos confirmados da Covid-19, 3.026 curados e 78 óbitos.


* Por G1 Zona da Mata.



4 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE