• Jornal Esporte e Saúde

Programa HiperDia se reinventa e faz atendimento online em Rio das Ostras

Esta semana, foi a vez de realizar uma festa junina virtual com os participantes



Grupo Hiperdia- Divugalção- Fisioterapeuta Giseli também mandou sua foto caracterizada pelo whatsapp.


Neste tempo de pandemia e isolamento social, mais um Programa de Saúde de Rio das Ostras vem realizando acolhimento de forma virtual. O HiperDia, programa destinado a pessoas com diabetes e hipertensão, também se reinventou e começou a fazer os atendimentos em grupo e individuais online todas as segundas-feiras.


Esta semana, foi a vez dos participantes curtirem uma Festa Junina virtual, por meio do WhatsApp, com um bate-papo diferente e brincadeiras bem animadas. Com vídeos e fotos, pacientes puderam conhecer a história dessa comemoração cultural e também falar com profissionais do programa sobre o tema “Memória Afetiva”, lembrando de alimentos típicos de festa junina que remetem a infância.


Atualmente, o grupo HiperDia conta com 54 participantes, sendo na maioria mulheres e seis casais, na faixa etária dos 40 a 83 anos de idade. Nos encontros é realizado suporte nutricional, psicológico, fisioterápico, terapêutico ocupacional, de enfermagem e do serviço social em grupo virtual, com vídeos dos profissionais e atendimento individual através de tele consulta online.



Grupo Hiperdia- Divulgação- José do Livramento pronto para participar das atividades do HiperDia online.


Considerado como o artista revelação do grupo, José do Livramento Sousa, de 69 anos, está no HiperDia há quase um ano e disse que os encontros são muito acolhedores. Sua esposa Glorinha também participa. Ele conta que ter atividades online é uma experiência nova, mas que também é divertido.


“Só tenho a agradecer, pois sou muito bem cuidado por todos. O bom mesmo é o contato pessoal, mas o online está resolvendo por enquanto. O importante é que as médicas e enfermeiras não nos abandonaram e estão nos acompanhando todos os dias. A gente canta, brinca, dança, faz música e na festa junina foi uma animação só”, destacou Sr. José.



Grupo Hiperdia- Divulgação- Coordenadora Cristiane Grion entrou no clima caipira.


* ATENDIMENTO ONLINE - A enfermeira e coordenadora do HiperDia, Cristiane Grion, explica que por conta da pandemia, a equipe foi realocada em várias frentes de trabalho e, com o distanciamento social veio a preocupação com o público-alvo do Programa, em sua maioria idosos e com comorbidades. Assim, profissionais contribuíram com ideias e começaram a realizar reuniões virtuais, iniciando o projeto Roda de Conversa Digital desde o mês de abril, pela plataforma WhatsApp, e que deu certo.


“Estamos nos reinventando nesse grande desafio. Agora queremos aumentar o número de participantes. O WhatsApp foi uma alternativa positiva para diminuir o isolamento nesse momento. Facilita o contato do profissional com os pacientes, além de termos o controle de algo que possa interferir na saúde geral deles e, dessa forma, podemos contribuir para uma qualidade de vida melhor, reduzindo agravamento que possa ocorrer neste período de isolamento”, completou a coordenadora.


Para Maria da Penha dos Santos, 68 anos, é sempre uma alegria participar das atividades e disse que gostou das danças caipiras da Festa Junina. “É bom demais e me sinto muito feliz. O atendimento não mudou, a equipe toda nos atende sempre que precisamos. Mesmo online está sendo muito legal”, acrescentou a participante.


Para entrar no grupo e participar dos encontros online tem que ser diabético ou hipertenso. É só acessar o link: https://chat.whatsapp.com/E9323nGkXxP0kbdiJayBQM


* O QUE É REALIZADO:


- Acolhimento, orientações e informações verdadeiras sobre a Hipertensão e Diabetes associados ao Covid-19;


- Informações sobre os atendimentos nas unidades de saúde e sobre o novo fluxo de atendimento da Secretaria de Saúde;


- Acompanhamento dos casos de descontrole da glicemia e pressão. Com acompanhamento e articulação da enfermeira da equipe, com os Postos de Saúde da Família, para atendimento presencial, caso necessário. E atendimento virtual com a nutricionista;


- Reflexões com a psicóloga do grupo sobre possibilidades e limites em tempos de isolamento social, minimizando agravos biopsicossocial;


- Troca de experiências no processo de pandemia, incentivando a interação virtual;


- Informação de direitos e benefícios sociais com a assistente social;


- Práticas corporais com alongamentos, exercícios respiratórios e motor com a supervisão de fisioterapeutas do grupo;


- Dinâmicas para memória com músicas e atividades com a terapeuta ocupacional.


* Secom Rio das Ostras.






2 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE