• Jornal Esporte e Saúde

Recenseamento começa no próximo dia 11


Ativos, aposentados e pensionistas do estado nascidos em abril terão que comparecer ao banco para não perder pagamento



Servidores estaduais precisam levar documentos até uma agência do Bradesco - Divulgação.


Rio - A partir da próxima quinta-feira até o dia 25 deste mês, os servidores ativos, aposentados e pensionistas do Estado do Rio de Janeiro que nasceram em abril terão que fazer o recenseamento em qualquer agência do Banco Bradesco no país. Como já vem sendo divulgado, o procedimento é obrigatório e quem não comparecer no prazo exigido poderá ter o pagamento do salário suspenso.


Se algum funcionário perder o período para ir à agência bancária deverá se dirigir até o local antes de a folha salarial de abril (paga em maio) ser rodada. A atualização cadastral é destinada a todos os servidores do Poder Executivo, incluindo comissionados, e abrange os órgãos que fazem parte da folha de pagamento do Sistema Integrado de Gestão de Recursos Humanos (SIGRH-RJ). A medida vale para contratos temporários, funcionários de empresas, de autarquias e órgãos da Administração Indireta sendo obrigatória sempre no mês de aniversário do vínculo do servidor.


O recenseamento é uma medida prevista no Plano de Recuperação Fiscal do Estado do Rio e tem como objetivo combater fraudes, evitando, assim, pagamentos indevidos.


Atrasados têm até dia 12


O Estado do Rio ampliou, para até 12 de abril, o prazo para que 9.409 vínculos de pessoas nascidas em janeiro que não compareceram a uma agência do Banco Bradesco no período exigido façam o recenseamento. É a última chance para esse grupo regularizar a sua situação e não ter o salário cortado pelo governo estadual.


A dica também serve para 10.615 servidores ativos, inativos e pensionistas que fazem aniversário em fevereiro e que não fizeram a atualização de cadastro. Essas pessoas devem correr a uma agência até 12 de abril, já que a folha salarial ainda não estará rodada.


É necessário que o servidor leve uma série de documentos, como identidade original; CPF; comprovante de residência em nome próprio recente nos três últimos meses e PIS/Pasep, ou documento contendo a informação.


* O DIA/Por PALOMA SAVEDRA.






3 visualizações

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE