• Jornal Esporte e Saúde

Rio das Ostras participa da Hora do Planeta, movimento contra o aquecimento global

Atrações à luz de velas no Parque dos Pássaros promovem a conscientização neste sábado, dia 30, a partir das 18 horas



Rio das Ostras participa da Hora do Planeta_Foto Gabriel Sales.



Um gesto simples como apagar as luzes durante uma hora ao ano pode ter um grande alcance quando a ação tem o objetivo de promover a conscientização. A Hora do Planeta, evento internacional contra o aquecimento global, é uma prova disso. Rio das Ostras participa mais uma vez do movimento neste sábado, a partir das 18 horas, com uma série de atividades no Parque dos Pássaros.


A programação começa com Oficina de Brinquedos e, às 19 horas, haverá a apresentação do “Musical do Planeta”. A partir das 20h30, momento simbólico do apagar das luzes em todo o mundo, o evento continua com “luau à luz de velas”. Entre as atrações estão yoga, meditação, contação de histórias, música, dança, poesia, troca de livros e um bate-papo consciente. O encerramento da noite será com show da banda mirim “The Hat”.


Organizado pela Secretaria de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, o evento em Rio das Ostras trabalha de forma lúdica com várias atividades, sempre tendo como foco o uso racional dos recursos naturais. “Convidamos profissionais de vários seguimentos como professores, poetas, escritores, atores, cantores para, juntos, tornar o encontro bem proveitoso com atividades para toda a família”, comentou Tatá Costa, coordenador do projeto na Cidade.


Quem quiser participar do evento, aberto a todos os interessados, deve levar cangas ou esteiras, velas e alimentos e bebidas saudáveis. O Parque dos Pássaros fica no final da Rua Petrópolis, no Jardim Mariléa.


MOVIMENTO - A Hora do Planeta é um movimento mundial voluntário de sensibilização para as questões de mudanças climáticas e seu impacto na biodiversidade e na vida das pessoas. Ao apagar as luzes simbolicamente por sessenta minutos, o que resultou no símbolo 60+, quem adere ao gesto recorda que nossos hábitos têm uma interferência direta na natureza.


O movimento nasceu em 2007, na cidade de Sydney, na Austrália, e desde então vem ganhando o mundo, com cada vez mais adeptos. Começou no Brasil em 2009 e, no ano passado, envolveu mais de cem cidades e 1500 monumentos, que tiveram suas luzes apagadas simbolicamente.


* Secom Rio das Ostras







1 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE