• Jornal Esporte e Saúde

Saúde de Trajano já vacinou contra a gripe mais de 93% dos idosos


ALZIRA FIGUEIREDO - 104 ANOS - TRAHANO - VACINA GRIPE - ASCOM.

Uma idade de dar inveja! Ela tem 104 anos – segundo o registro de nascimento. O nome, é Alzira Figueiredo. Ela faz parte do público alvo da campanha de vacinação contra a gripe e recentemente foi imunizada pelos profissionais de saúde do município de Trajano de Moraes. Com toda essa idade, ela fez questão de se proteger. Desde o início da campanha, a Secretaria Municipal de Saúde, já vacinou 93% dos idosos. Esse número prova que a meta em Trajano já foi alcançada. Mas vale lembrar que os idosos que ainda não receberam a dose da vacina contra a gripe podem ficar despreocupados, porque a vacinação continua em Trajano de Moraes e nos distritos. “Também já receberam a vacina os profissionais da área de saúde que fazem parte do público-alvo, nessa 1ª fase da Campanha Nacional. A gente pede que as pessoas que ainda não fizeram a imunização que façam, pois ela é muito importante para a saúde”, disse o prefeito Rodrigo Viana. A aplicação de doses contra a gripe é considerada fundamental para não sobrecarregar a rede de atendimento, facilitar o diagnóstico da covid-19 e evitar casos em que o novo vírus contamine pessoas já debilitadas pela influenza. “Não temos nenhum caso suspeito até o momento, mas nem por isso podemos deixar de fazer a nossa parte. A população deve se imunizar. Quero agradecer aos funcionários da Secretaria Municipal de Saúde pelo excelente trabalho desde o início da campanha – muito obrigado!”, agradeceu o prefeito. A campanha nacional de vacinação, que ocorreria na segunda quinzena de abril, foi antecipada em razão da pandemia e começou no dia 23 de março. “Quanto menos pessoas ficarem gripadas, muito melhor. Isso serve para evitar uma sobrecarga do sistema de saúde. Todos os anos temos vários casos de gripes. Muitos são leves, mas outros, mais graves, exigem cuidados”, comentou o secretário municipal de Saúde, Lucas Esteves. Na segunda fase, a partir do dia 16 de abril, a vacina estará disponível para três outros grupos: professores das escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas. “Já no sábado, dia 9 de maio, dia D de mobilização nacional, se inicia a terceira fase da campanha, com mais grupos inseridos: crianças de seis meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes e mulheres até 45 dias após o parto; população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional; indígenas; adultos de 55 a 59 anos; pessoas com deficiência. estratégia de ações são capazes de evitar”, concluiu Michele Machado – coordenadora municipal de Saúde Básica. * TRAJANO DE MORAES ASCOM.


0 visualização

Receba nossas atualizações

  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

© 2023 por JORNAL ESPORTE SAÚDE. Orgulhosamente criado com CRIATIVA WEB & PUBLICIDADE